Festival Solidário de Montes Claros neste sábado e domingo poderá ir até as 2h da madrugada

O (Codema) Conselho Municipal de Desenvolvimento Ambiental  autorizou que os shows do Festival Solidário, a serem realizados hoje e amanhã, no Parque João Alencar Athayde, possam ser realizados até 2 horas da madrugada, contrariando a Lei Municipal, que permite este tipo de evento até a meia-noite. A promotora Aluísia Beraldo Ribeiro e Rafael Macedo, do Ibama, votaram contra essa medida. Os organizadores do Festival Solidário mostraram que o evento tem uma característica diferenciada, pois tem cunho social, para atender às vítimas da tragédia de Janaúba, no dia 5 de outubro de 2017, quando foi colocado fogo na creche Gente Inocente, matando 12 pessoas.

Outro argumento apresentado pelos organizadores é que o evento tem vários artistas e, com isso, não seria possível realizar os shows com poucas músicas. Aliado a isso, justificaram que existe necessidade de conciliar as agendas dos artistas, com muitos deles podendo chegar no máximo às 22 horas em Montes Claros, em seus  aviões.

A promotora Aluísia Beraldo mostrou que a Universidade Estadual de Montes Claros realizou pesquisa, junto aos moradores que residem no entorno do Parque João Alencar Athayde, quando constatou que eles não são contrários a realização dos shows no local até às 2 horas. A promotora salienta que diante dessa situação, haveria respaldo legal para conceder a ampliação do horário de shows.

O Codema aprovou a proposta dos shows terminarem às 2 horas da madrugada, mas com condicionantes: os organizadores poderão ligar o equipamento de som a partir das 20 horas, mas aumentar os seus decibéis quando crescer a quantidade de pessoas. Além disso, colocará o som direcionado para dentro do parque, reduzindo os impactos para os vizinhos.

Até o ano de 2015 a lei municipal determinava que os shows deveriam encerrar no máximo até a meia-noite na cidade, mas a Prefeitura mandou lei para alterar essa norma, onde os eventos com a chancela da prefeitura possam terminar às 2 horas da madrugada na cidade e 4 horas da madrugada na zona rural. (GA)
Gazeta

Pin It